Notícias da Diocese

Retiro de seminaristas termina com missa e recepção do Ministério do Acolitato

Terminou na manhã de sábado, 23, o retiro dos seminaristas do Seminário Diocesano São Tiago. O evento aconteceu na Casa das Irmãs Franciscanas de Nossa Senhora das Vitórias, em Barbacena, e reuniu 16 seminaristas, sendo 11 da casa de Juiz de Fora, cursando Filosofia e Teologia, 3 do propedêutico, e 2 que já concluíram os estudos acadêmicos e estão em estágio pastoral.

Segundo um dos reitores do Seminário, padre Álisson Sacramento, o retiro espiritual é um momento importante para intensificar a oração e fazer uma profunda reflexão de si mesmo. “É uma forma de se preparar para a Páscoa, renovando os corações. Foi este o sentido desta “retirada” dos seminaristas da nossa diocese, pois refletindo sobre a santidade na vocação sacerdotal, procuraram, nestes dias, tomar maior impulso para a caminhada. Que o Espírito Santo possa agir em cada um deles”, explica.

O retiro teve início na quarta-feira 20 e teve como pregador Frei Jonas Nogueira da Costa. O religioso trabalhou a a terceira Exortação Apostólica do Papa Francisco, “Gaudete et Exsultate”, que fala sobre o chamado à santidade no mundo de hoje, com foco em encorajar a santidade na vida cotidiana. “Refletimos sobre a santidade e a vocação ao ministério presbiteral. Que o Espírito Santo conceda aos seminaristas dessa querida diocese perseverança e alegria. Paz e bem”, destaca Frei Jonas.

A programação contou com palestras, momentos de reflexão pessoal, partilha, oração da liturgia das horas, terço, Via Sacra, missa. “Foram dias de intensas reflexões e orações, onde a partir do tema da Santidade, procuramos refletir a adentrar no deserto de nossas vidas e suplicar uma contínua conversão para bem trilharmos o caminho quaresmal e sendo assim nos prepararmos para as alegrias pascais”, conclui Diego, seminarista e estudante de Filosofia. “Essas reflexões foram essenciais para o nosso amadurecimento na vocação. Sobretudo para nós propedeutas que estamos iniciando o caminho vocacional este ano”, reforça Randerson, seminarista do propedêutico.

A programação do retiro foi encerrada com missa, presidida pelo bispo diocesano, Dom José Eudes. Durante a celebração houve a recepção do Ministério do Acolitato dos seminaristas Lucas Alerson e Thairo Guimarães.

Segundo Lucas Alerson, o Ministério de Acólito, no contexto da formação sacerdotal, é um importante passo junto com o Ministério de Leitor. Eles apontam para a proximidade da conclusão do período de formação e introduzem o seminarista já no contexto da celebração de uma forma mais ativa e próxima.

“Com o Acolitato, o seminarista é permitido auxiliar na preparação do altar durante a Celebração Eucarística, na distribuição da Sagrada Comunhão e também na purificação dos vasos sagrados após a comunhão. Este novo passo aponta para os graus futuros do Sacramento da Ordem: o Diaconato e o Presbiterato. É uma grande alegria se aproximar cada vez mais de uma realidade que aos poucos vai se tornando possível”, explica.

Recebendo o ministério na manhã de sábado, os seminaristas já puderam atuar como acólitos nas missas do fim de semana. “É novo. A gente prepara o altar, coloca os objetos sacros no altar, fazemos a purificação, levamos a comunhão. Foi muito gostoso. Esse é o caminho do sacerdócio. É o momento que se percebe como o ministério é grande. E acabou que eu acolitei o bispo, dom José Eudes. Pois o auxiliei em suas visitas por Andrelândia e São Vicente de Minas. Foi uma experiência ímpar”, expressa Thairo Guimarães e atua como seminarista na Paróquia Nossa Senhora do Porto da Eterna Salvação.

Com informações da Diocese de São João Del-Rei

Paróquia de Sant'Ana do Barroso
Criada por provisão episcopal de 17 de janeiro de 1884. Foi fundada por Antônio da Costa Nogueira em 1729.