Dom Waldemar celebrou aniversário com missa, junto de Dom Eudes e padre Geraldo

O bispo emérito de São João del-Rei, Dom Waldemar Chaves de Araújo, completou 87 anos na última quarta-feira, 23. Para celebrar a data, o bispo diocesano, Dom José Eudes Nascimento, juntamente com o Vigário Geral, padre Geraldo Magela, e demais familiares, celebraram a data com uma missa festiva na residência do aniversariante.

Durante a missa, Dom Waldemar falou sobre a alegria em estar celebrando mais um ano de vida e receber o carinho do clero diocesano. “Eu agradeço hoje a delicadeza de todos os padres que estão ligando, cumprimentando e fazendo menção a essa celebração. Que Deus e Nossa Senhora, Mãe de Deus e nossa mãe, acompanhe toda a Diocese nesse amor profundo. Eu agradeço de todo carinho. Que Deus tenha piedade de todos os padres que ainda não tem essa comunhão mais próxima com o Cristo”, pontua.

Dom José Eudes também aproveitou o momento para agradecer ao aniversariante pelo trabalho que ele vem prestando junto da Igreja Diocesana de São João del-Rei. “Somos muito abençoados por ter sua presença junto da gente. Um grande exemplo de fé e testemunho de vida”.

A visita também agradou os familiares do bispo emérito. “Ficamos muito alegres e emocionados com a visita de Dom José Eudes e do padre Geraldo para celebrar o aniversário do meu tio com este grande presente que é a Santa Missa. Ele disse que nunca vai esquecer esse gesto de carinho para com ele”, conclui Marcinha, sobrinha de Dom Waldemar.

Natural de Bom Despacho/MG o filho de Sudário Gonçalves de Araújo e de Maria Felipe do Carmo vem testemunhando com a vida a alegria proveniente da sua fé. Sacerdote, pai espiritual, escritor, cantor, enfim, são muitas as atribuições de Dom Waldemar que comprovam sua vitalidade e força juvenil. Traços claros por onde trabalhou.

Foi ordenado padre em 1962, quando, na década de 70, foi para Lagoa da Prata como coadjutor do Monsenhor Alfredo Dohr. Em 1978 recebeu o título de Monsenhor e, depois de quatro anos, foi nomeado Bispo para assumir a diocese de Teófilo Otoni e lá ficou até 1996, quando veio para São João del-dei onde permanece até hoje como bispo emérito. Em seu bispado adotou o lema “É preciso obedecer a Deus (At 5,29)”, vivenciando no seu dia à dia.

Com informações da Diocese de São João Del-Rei