Igreja no Brasil

“Gostamos do que somos e amamos o que fazemos”, diz dom Jaime Spengler

No mesmo dia em que celebra liturgicamente a Apresentação do Senhor, a Igreja Católica também comemora o Dia Mundial da Vida Consagrada, neste 02 de fevereiro. Por ocasião da data, o arcebispo de Porto Alegre (RS), dom Jaime Spengler, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), enviou uma mensagem a todos aqueles(as) que disseram sim à esta forma de servir à Igreja.

O religioso agradeceu a Deus a graça da vocação à vida consagrada de tantas pessoas que se empenham em testemunhar e anunciar o Evangelho do crucificado-ressuscitado pelas diferentes regiões do Brasil. Aos que acolheram o convite de Deus para viver essa forma de vida, dom Jaime diz que é necessário pedir a graça da recordação e sempre ter em mente que foram escolhidos por Alguém, que os amou e ama desde sempre. O religioso também exortou a todos consagrados e consagradas, considerando o momento histórico, a demonstrarem o orgulho por terem esta opção de vida. “Não tenhamos medo de dizer aos adolescentes e jovens que: “Gostamos do que somos e amamos o que fazemos’.

Desafios para a vida religiosa – Para dom Jaime, os desafios da vida consagrada hoje são os mesmos que perpassam a sua história: “ser no mundo testemunha de fé e esperança, sinal do Reino de Deus e sua justiça, expressão de compromisso evangélico na defesa e promoção da vida”. Os Consagrados, definiu, são homens e mulheres que se empenham por viver de forma especial o seguimento de Jesus Cristo.

O arcebispo reforça que a vida consagrada é uma forma de pertença a Deus no seguimento de Jesus Cristo e seu Evangelho. “A decisão de seguir o Crucificado-Ressuscitado através das diversas expressões de vida consagrada implica assumir corajosamente os conselhos evangélicos”, disse. A promoção vocação é outro desafio atual indicado pelo presidente da Comissão para a Vida Consagrada da CNBB. “Precisamos promover um mutirão vocacional, apresentando às novas gerações a beleza das diferentes formas de vida consagrada na Igreja”.

Veja a mensagem que dom Jaime Spengler enviou a quem professa a vida religiosa no Brasil:

Com informações da CNBB

Paróquia de Sant'Ana do Barroso
Criada por provisão episcopal de 17 de janeiro de 1884. Foi fundada por Antônio da Costa Nogueira em 1729.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *