Catedral Primaz da Igreja no Brasil completa 470 anos de criação

O Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Cardeal Dom Sergio da Rocha, presidirá, no dia 6 de agosto, a solenidade pelos 470 anos de criação da Sé Primacial da Igreja no Brasil.

Atualmente, a Arquidiocese de Salvador possui quatro basílicas, 101 paróquias e três diaconias. A celebração estava agendada para o dia 25 de fevereiro deste ano, entretanto a data precisou ser adiada por conta da pandemia de Covid-19.

Tríduo preparatório

A festa será antecedida por um tríduo, que ocorrerá nos dias 3, 4 e 5 de agosto, sempre às 16h, também na Catedral Basílica. As celebrações serão presididas pelos bispos auxiliares e a cada dia serão convidados representantes da Vida Consagrada (1º dia), do Clero (2º dia) e do laicato (3º dia).

A Arquidiocese de São Salvador da Bahia foi a primeira do país, e por este motivo possui o título de Primaz do Brasil. Criada pela Bula “Super specula militantis ecclesiae”, do Papa Júlio III, a Arquidiocese soteropolitana possui uma importância religiosa e histórica imensurável.

Galeria dos Bispos e Arcebispos de São Salvador da Bahia

O Palácio da Sé, localizado na Praça da Sé, em Salvador, inaugurará no próximo dia 6 de agosto, também como parte das comemorações pelos 470 anos de criação da Diocese Primacial, uma exposição intitulada “Galeria dos Bispos e Arcebispos de São Salvador da Bahia”.

Na mostra serão apresentadas, em ordem cronológica, imagens de todos os Bispos e Arcebispos que passaram por esta Igreja Particular, desde o primeiro, Dom Pedro Fernandes Sardinha (1551-1556), até o atual, Cardeal Dom Sergio da Rocha (2020), além de alguns paramentos utilizados pelos prelados. (EPC).

Com informações da Gaudium Press