Hospital

INSC – Instituto Nossa Senhora do Carmo

O município, recém-emancipado, dava os seus primeiros passos e além do Prefeito Geraldo Napoleão de Souza, contava com a liderança forte do Padre Luiz Giarola Carlos, Pároco da Paróquia de Sant’Ana.

A Igreja Matriz de Sant’Ana, padroeira do Município, contava com um potente serviço de alto falante para a época e, como de costume, além de avisos de interesse dos paroquianos e de notícias marcantes, comunicava-se também o falecimento das pessoas, informando onde estava sendo o velório e o horário do enterro. Aqueles avisos fúnebres despertaram uma profunda preocupação no Padre Luiz Giarola Carlos, pois periodicamente avisava-se em um mesmo dia, o falecimento de mais de uma criança, o que motivou a necessidade de se instalar em Barroso um posto de atendimento médico e uma equipe médica, visando garantir uma melhor assistência às famílias, sobretudo para os mais necessitados.

Por iniciativa do então Padre Luiz Giarola Carlos, cria-se uma Entidade Filantrópica pela Paróquia de Sant’Ana, o INSTITUTO NOSSA SENHORA DO CARMO, com personalidade jurídica de direito privado, sem finalidade lucrativa, como objetivo de prestar a assistência social, hospitalar, espiritual e cultural à comunidade, com o estatuto aprovado e considerado correto por D. Helvécio Gomes de Oliveira, Arcebispo de Mariana, conforme portaria datada de 24 de maio de 1957.

Para saber mais informações sobre o Hospital acesse: www.inscbarroso.com

Fonte: www.inscbarroso.com/2013/06/historia-do-instituto-nossa-senhora-do.html
Foto retirada do Blog paixaoporbarroso.blogspot.com.br/